Galp investe 4,5 milhões de euros em norte-americana ligada ao hidrogénio verde

Investimento na norte-americana Verdagy trará “conhecimento tecnológico importante para os projetos de energia verde que a Galp tem em planeamento em diversas áreas”, diz a petrolífera portuguesa.

A Galp anunciou que irá investir cerca de 5 milhões de dólares (4,56 milhões de euros) na norte-americana Verdagy. Em comunicado, a petrolífera portuguesa apresenta a empresa como “pioneira no desenvolvimento de um tipo de tecnologia de eletrólise escalável para aplicações em indústria”. Este investimento, diz a Galp, ocorre no âmbito de uma ronda de financiamento através da qual a Verdagy reuniu um total de 73 milhões de dólares junto de investidores liderados pela Temasek e pela Shell Ventures. Este financiamento será “utilizado na aceleração do lançamento e comercialização do seu módulo eletrolisador”.

De acordo com a petrolífera, este é um investimento que trará “conhecimento tecnológico importante para os projetos de energia verde que a Galp tem em planeamento em diversas áreas”.

Georgios Papadimitriou, administrador executivo da Galp responsável pelas renováveis, novos negócios e inovação, diz que “a tecnologia de eletrólise desenvolvida pela Verdagy tem potencial para se tornar líder nos próximos anos e para ajudar a Galp a concretizar os seus objetivos na produção hidrogénio verde”.

“Esta parceria reforça o nosso compromisso com as áreas de negócio de baixo carbono, contribuindo para a redução de emissões não apenas das nossas atividades, mas também das dos nossos clientes”, acrescenta o administrador da petrolífera.

No comunicado, a CEO da Verdagy reforça que através das inovações tecnológicas, a empresa conseguiu reduzir “drasticamente o custo de investimento inicial num eletrolisador” e que a sua tecnologia “está pronta para se expandir globalmente”.

Este é o segundo investimento da Galp no setor de “venture capital” depois de ter investido 5 milhões de dólares na 6K, uma tecnológica norte-americana que desenvolve tecnologia para fabrico de materiais e indústria de baterias.

Texto original escrito pelo Jornal de Negócios

#anecrarevista #atualidade #sustentabilidade #eficienciaenergetica #GalpEnergia #galp #veículoselétricos #bateriaseletricas #mobilidade